Os citrinos: Limoeiro, lima limão.

Os citrinos: Limoeiro, lima limão.

Na família dos citrinos o limoeiro é a espécie mais sensível ao vento, sendo as variedades de folhagem mais vigorosa e densa menos sensíveis às baixas temperaturas. Os limoeiros encontram-se frequentemente dispersos ou em bordadura, contribuindo para a falta de plantações a baixa valorização do mercado do limão na maior parte do ano. Calcula-se que a área nacional cultivada não passe 509 ha, sendo a sua oferta feita durante todo o ano.

Em 100 g de parte comestível a laranja possui 50 mg de ácido ascórbico (vitamina C), o limão 53 mg, a toranja 45 mg e a tangerina 30 mg. Laranjas e tangerinas são também muito ricas em vitamina A. Pela sua riqueza em vitamina C, o limão é desde há muito tempo usado como antiescorbútico; além disso, as limonadas são refrescantes e diuréticas, sendo a forma correcta de se consumir o sumo de limão, que deve ser sempre diluído. O limão tem inumeráveis adeptos, constituindo para muitos o remédio para todos os seus males.

A lima, Citrus limetta Risso, é o citrino mais frequentemente cultivado nas regiões tropicais. Tem uma forma quase esférica, de epicarpo verde a verde-amarelado no estado de maturação, com polpa esverdeada e muito ácida, sendo o seu consumo feito principalmente sob a forma de sumos, xaropes e compotas; é também usada para obtenção de ácido cítrico e essências.

Veja também

Etiquetas: , , , ,

Deixe uma resposta