A cânfora | Cinnamonum camphora

A cânfora | Cinnamonum camphora

A cânfora (Cinnamonum camphora) é originária da China, Japão e Formosa, onde também se cultiva. A partir da madeira do tronco da cânfora (Cinnamonum camphora), por destilação e arraste com vapor de água, obtém-se a cânfora (Cinnamonum camphora) em bruto, que se refina posteriormente. Comercializa-se na forma de tabletes brancas transparentes, de aspecto seboso, que apresentam uma superfície irregular e emitem um cheiro especialmente penetrante.

Dissolvida em álcool e misturada com outras substâncias, a cânfora (Cinnamonum camphora) emprega-se em medicina: para uso externo, como rubefaciente; para uso interno, em injecções intra-musculares, porque estimula a actividade cardíaca. Os primeiros a utilizá-la foram os Árabes, no século XI. Sem dúvida, a cânfora (Cinnamonum camphora) permaneceu durante muito tempo como um medicamento raro e muito caro, difundindo-se só depois do século XVII.

Veja também

Etiquetas: ,

Deixe uma resposta