As agaves, fornecedoras de fibras e bebidas alcoólicas.

As agaves, fornecedoras de fibras e bebidas alcoólicas.

As aproximadamente 300 espécies de agaves crescem principalmente no México e nos estados circundantes, chegando até à Califórnia, às Antilhas, às Baamas e à Venezuela. Muitas delas podem ser aproveitadas como plantas têxteis. É, por exemplo, o caso do sisal (Agave sisalana Perrine), cultivado em grandes plantações no México e noutras zonas limítrofes.

A denominação «sisal» deriva do porto de Sisal, na península de lucatão, por onde foram exportadas as primeiras fibras desta planta. As suas folhas, carnudas e bem desenvolvidas, são cortadas pela base para obtenção das fibras, que atravessam a folha em todo o seu comprimento.

As fibras são extraídas das folhas por raspagem em máquinas especiais e são separadas da mucilagem que as envolve por intermédio de lavagens repetidas com água. São bastante fortes, brancas ou amarelas, podendo chegar a ter 1,5 m de comprimento; são usadas na confecção de tecidos grosseiros, esteiras e sacos e em cordoaria.

Nos países latino-americanos, numerosas espécies de agaves, como, por exemplo, a Agave atrovirens Karwinski ex Salm-Dick, são aproveitadas de outro modo: a gema central da planta é cortada e dela exsuda um líquido açucarado, que se pode beber imediatamente ou deixar fermentar durante mais ou menos tempo para a obtenção de bebidas alcoólicas, como, por exemplo, o pulque doce, uma bebida doce e espumosa, e o pulque forte, que contém cerca de 5% ou mais de álcool. Uma agave pode proporcionar em três ou quatro meses 1000l desta água melada.

O pulque, ou vinho de agave, é a bebida nacional dos Mexicanos, substituindo o vinho e a cerveja. Por destilação obtém-se dele uma aguardente especial, a tequila, também chamada «aguardente de maguey», e que até há pouco tempo se confundia com o mescal. Contudo, o mescal é obtido da seiva da Lophophora WilliamsII e é um licor muito forte.

A longevidade das agaves não passa de uma lenda. Diz-se que só florescem quando alcançam 100 anos de idade e morrem imediatamente depois. Se bem que seja certo que morrem depois da floração, as agaves vivem apenas de 8 a 10 anos, em alguns casos um pouco mais.

Veja também

Etiquetas: , ,

Deixe uma resposta